Não Perca o Sinal!


 Sejam sábios no procedimento para com os de fora; aproveitem ao máximo todas as oportunidades. Colossenses 4.5 

A paz do Senhor jovens santos, 

durante esta semana de dezembro (07 à 14) a nossa igreja realiza a Semana da Bíblia e nas atividades a juventude foi escolhida para evangelizar no Calçadão da João Pessoa, Cidade Alta, Natal/RN. Atendemos o chamado, convocamos a liderança, passamos as coordenadas e iniciamos a missão. Segunda-feira (08/12) começa a prática, ainda organizando os detalhes, buscando fazer o melhor para o nosso Deus e alcançar as pessoas através do Evangelho. Os jovens separam os panfletos, preparam os cartazes para o semáforo, se colocam em ordem, marcam o tempo e vão. Era nítido no olhar dos adolescentes e jovens o desejo de anunciar Cristo, ninguém podia segurá-los, a motivação fazia esquecer o calor da Cidade do Sol.

Uma vez, duas vezes, várias vezes atentos ao abrir e fechar do sinal, preparados anunciando que Jesus é a solução e que na Bíblia Sagrada encontramos respostas para os nossos dilemas. O tempo passa, as pessoas seguem para as suas atividades diárias, algumas param, acenam e interagem com a juventude, outros seguem o seu "caminho", é grande o agito da Av. Rio Branco e a Rua João Pessoa. De repente por algum motivo os jovens param e alguém grita: - PERDEMOS O SINAL!
O que aconteceu? Qual o problema que resultou em um sinal perdido? Alguém deixou uma oportunidade passar, alguém deixou de ver as faixas abertas e a mensagem de Cristo pregada. Ao ouvir essa expressão dita por um jovem, paro e penso em quantos SINAIS em nossas vidas já perdemos. Quantas oportunidades de anunciar Cristo para o mundo, e o cumprir do IDE passa pelas nossas mãos e estamos CONFORMADOS com isso. Nossas igrejas estão mais confortáveis (isso não é ruim), estamos mais cheios de eventos e shows gospels, mais estrelas do que pregadores e missionários, e o que estamos fazendo? Estamos perdendo muitos sinais.

O que aprendi durante os 5 dias no Calçadão da João Pessoa?

     Aprendi que a MISSÃO é para todos e que não podemos esperar o tempo bom para IR. Aprendi que temos jovens dispostos a SAIR das quatro paredes e gritar bem alto para o mundo ouvir que JESUS É O CAMINHO, VERDADE E VIDA. VI que vidas estão morrendo sem Cristo, VIVI na prática a realidade de um mundo sem Deus, onde pessoas estão no chão e as pessoas só olham, tiram fotos e postam em suas redes sociais. EU VIVI ISSO. Na última quarta-feira (10/12), enquanto evangelizávamos nas lojas vi um senhor com ataque epilético se debatendo muito forte, e as pessoas em volta só olhavam, mesmo sem conhecimento em primeiros socorros coloquei o corpo dele de lado para não engasgar com a saliva, segurei em sua mão e OREI em NOME DE JESUS. Durante 30 minutos fiquei com aquele morador de rua, que logo descobri que era conhecido como ÍNDIO, aguardamos o socorro, aguardamos muito, mas comigo estava o SOCORRO BEM PRESENTE (Sl. 46.1) durante o tempo que aguardamos o SAMU o nosso Índio teve 3 ataques, ele foi atendido, levado ao hospital. Quando voltei na tenda da Bíblia um jovem olhou para a minha camiseta (estampa: Semana da Bíblia) e disse: Você está nesse trabalho da Bíblia, enquanto você orava por aquele morador de rua eu vi que você era diferente (Que Ele cresça eu eu diminua Jo 3.30). Pra mim ficou a reflexão de quantos ÍNDIOS estão caídos na vida, no pecado e nós não estamos fazendo nada, esperando um "socorro humano" (políticos, orgãos, governo) que nunca vem.

     É tempo de estar atento aos SINAIS que Deus nos dá, aproveitar as oportunidades para que vejam CRISTO em nós. Não dá para dizer que somos cristãos se não fazemos o que JESUS faria, Ele sentava com os pecadores, curava os imundos, ELE servia ao próximo. Nesta Semana da Bíblia, agradeço ao meu Deus pela oportunidade de estar na rua, anunciando/compartilhando da esperança que encontramos no Livro dos livros. Não dá para sair nas ruas e não sentir a necessidade que o mundo tem de Cristo, ELE é a solução e hoje mais que nunca eu quero anunciar o Evangelho de Poder, que transforma e liberta, e tudo isso é pela Graça e de graça (pra nós), pois o preço já foi pago. O meu DEUS fala pela Bíblia. Obrigado DEPEM, obrigado DEJAD, obrigado IEADERN pela oportunidade em servir, pois se eu não vivo para servir, não sirvo para viver.

Vamos aproveitar as Oportunidades e os Sinais de Deus.

Em Cristo,
Frederico Fonseca
Vice-diretor do DEJAD/RN






QUEM NÃO VIVE PARA SERVIR, NÃO SERVE PARA VIVER!

Li essa frase e senti o desejo de transmitir aqui para os amigos. É interessante como o desejo de servir em nossas igrejas tem se tornado algo tão difícil nos últimos dias. Muitas são as vezes em que a luta por cargos tem arrancado de nós o desejo de fazer a obra de Deus por amor.



Como lemos em Marcos 10.45: "Porque o Filho do homem também não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos."


Se o nosso Cristo, filho do Deus Altíssimo veio para servir, imagine nós, que fomos criados segundo a imagem e semelhança de Deus. Não deve haver em nós o desejo de servir mais e mais? Servir ao nosso Deus, a nossa família, a nossa igreja. SERVIR AO PRÓXIMO. Pois como ainda afirma a palavra de Deus em Atos dos Apóstolos 20.35b: "Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber." Parafraseando, melhor é servir do que ser servido. Quando recebemos de Deus uma missão, devemos fazer tudo o que vem em nossas mãos com amor.


Sempre em minhas orações tenho dito ao Senhor; - Me ajuda a ajudar! E ele com o seu amor infinito tem me dado forças para fazer se cumprir a vontade dEle na minha vida. Na minha fase de adolescente, por volta dos meus 15 anos, não era fácil aceitar a ideia de que eu era SERVO, sempre dizia para os meus líderes, SOU FILHO, e filho tem os seus direitos. Só não percebia que enquanto pensava dessa maneira, o tempo passava e eu nada fazia para o meu SENHOR (que nunca vai deixar de ser PAI). Ora, vivemos hoje um evangelho muito fácil. Não evangelizamos mais (não servimos aos perdidos), não obedecemos aos nossos pais (não servimos a nossa família), não ajudamos aos nossos pastores (Não servimos a nossa igreja).


Dessa maneira se eu não vivo para servir, também não sirvo para viver. O que estamos fazendo aqui? Somos só mais um corpo que ocupa lugar no espaço, ou ainda temos a tarefa de ser SAL da terra? "e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens."


É tempo de refletir a nossa missão no mundo. Acabamos de viver momentos maravilhosos no VI Congresso de JOVENS do Setor XXI, Parque dos Coqueiros. Vivemos o tema JOVENS NA ALJAVA DE DEUS. A flecha serve para ser usada pelo arqueiro para ser lançada em um alvo. Você jovem, está disposto a SERVIR ao Deus todo poderoso. Ou vai continuar vivendo a sua vida não servindo para nada?


Portanto se não vivemos para SERVIR, não servimos para viver!



Texto de Frederico Fonseca - Servo, Coordenador DEJAD - Setor 12

Edifica Jovem - Amarante I (AD Setor 12)


Neste sábado acontece na AD Amarante I - Setor 12 mais uma edição do Edifica Jovem. Você é o nosso convidado especial. Participe e convide amigos para juntos entendermos que que a Igreja só será jovem quando o jovem for igreja.

Contamos com você!

Voltemos ao Evangelho - John Piper – Más notícias: Papai Noel está chegando

piper-noel-noticias


"Você foi um bom menino ou uma boa menina neste ano? Você sabe que o Papai Noel tem uma lista de meninos e meninas bonzinhos, né? E que se você não se comportar, você vai ficar sem presente!"


OK, provavelmente a criança não ficará sem presente. Mas você já parou para pensar como, muitas vezes, a figura do Papai Noel é apresentado como um grande legalista. Uma famosa música nos EUA (“Santa Claus Is Coming to Town”) diz:

É melhor tomar cuidado / É melhor não chorar / Melhor não fazer bico / Vou dizer por que / O Papai Noel está chegando na cidade

Ele está fazendo uma lista / E verificando duas vezes / Ele vai descobrir quem foi bonzinho e quem foi malvado / O Papai Noel está chegando na cidade

E parece que muitos associam a visão do Papai Noel com o Papai do Céu. Uma delas é o bom velhinho apático que jamais enviaria alguém para o inferno e a outra, no outro extremo, é aquela que propõe uma busca pelo favor de Deus baseado nos seus próprios esforços (e não pela graça que há em Cristo Jesus) – sim, estou falando de você, teologia da prosperidade. No vídeo abaixo, John Piper compara esta concepção com a forma como nos achegamos a Deus através de Cristo.


Algumas clarificações


Como John Frame aconselha “nada é mais importante em teologia do que o senso de proporção”. Então, seguem algumas clarificações para mantermos um equilíbrio saudável:

1) Deus oferece aceitação gratuita através do evangelho. Todavia, todo pecador que não se arrepende e crê em Cristo tem a ira de Deus permanecendo sobre ele. “Por isso, quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus.” (Jo 3:36)

2) Não somos salvos pelas obras ou pela prática da Lei, mas pela graça através da fé (Ef 2:8-9), mas isso não significa que Deus não tem interesse nenhum em nossas obras, afinal Ele nos “criou em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas” (Ef 2:10).

3) Apesar de Deus ter nos amado quando estávamos em delitos e pecados (Ef 2:1), com um amor supra-condicional (é, eu não disse incondicional; veja aqui e aqui o porquê) e nada que façamos possa aumentar ou diminuir esse amor, nossa experiência desse amor é condicionada a nossa obediência (Jo 14: 21,23). Abaixo segue uma tabela retirada do livro de Holiness by Grace: Delighting in the Joy That Is Our Strength de Bryan Chapell (Crossway, 2001 – via justintaylor) que deixa essa questão mais clara:

O que pode mudar O que não pode mudar
Nossa comunhão com Deus Nossa filiação
Nossa experiência das bênçãos de Deus O desejo de Deus pelo nosso bem
Nossa segurança do amor de Deus As afeições de Deus por nós
O deleite de Deus em nossas ações O amor de Deus por nós
A disciplina de Deus Nosso futuro
Nosso sentimento de culpa Nossa segurança

Transcrição


“É melhor prestar atenção, é melhor não chorar, é melhor não fazer bico. Vou dizer por que: Papai Noel está chegando.” “Então, tome jeito!” Essas não são boas notícias para mim. São más notícias. Nada de evangelho nessas notícias! Você vai para aquele “templo” encontrar com seu tesouro se você quiser, mas eu tenho notícias melhores para você, notícias muito melhores para pecadores! e todos estão pecando mesmo nesta “época de boas ações”. Todo mundo! Você não será bonzinho! E se Ele souber o que você está fazendo, você já era! E nós já éramos!

Então eu tenho um templo melhor para você. Segunda escolha: você pode escolher a maneira de Jesus de se conectar com Deus. O templo de Jesus. O templo do Papai Noel ou o templo de Jesus. “Eu entrego minha vida pelas ovelhas.” “Eu tenho autoridade para tomá-la de volta.” “Destrua este templo e em três dias eu o levantarei.” Jesus é o novo local de encontro com Deus. E Ele não diz: “melhor prestar atenção, melhor não chorar, melhor não gritar, vou dizer por que…” Ele não diz isso. Ele diz: “Todo aquele que vem a mim, eu jamais o lançarei fora.” Estas são boas notícias. São boas notícias natalinas. É o melhor presente de Natal que você jamais poderia receber.

Por John Piper © 2012 Desiring God Foundation. Usado com permissão. Website em português: www.satisfacaoemdeus.org. Trecho da pregação: Destroy This Temple, and in Three Days I Will Raise It Up.
Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que adicione as informações supracitadas, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

Leia mais: http://voltemosaoevangelho.com/blog/2012/12/john-piper-mas-noticias-papai-noel-esta-chegando/#ixzz2FzCaa7OX

Dia de Evangelização Global mobiliza cristãos de 200 países

Acontece nesse sábado o Dia de Evangelização Global, mobilização promovida pela Global Outreach Day (G.O.D. – Dia de Evangelização Global), que em parceria com o Global Day of Prayer (Dia Global da Oração) tem como objetivo realizar uma grande campanha de oração e evangelização em todo o planeta.
Para participar não é necessário se cadastrar e nem agir apenas em grupos ou por meio de denominações, qualquer pessoa pode se sentir motivada a participar desse evento montando sua própria estratégia de evangelismo.
A G.O.D. sugere, entre outras atividades, a visita em hospitais, presídios, distribuição de panfletos e cultos em praças públicas, mas nada impede que você ou um grupo de cristãos crie outros métodos para levar a mensagem de Cristo para outras pessoas.
Em São Paulo a Igreja Apostólica Casa Firme estará realizando uma campanha de evangelismo na Avenida Paulista, os membros da CaFi vão se encontrar no MASP por volta das 10h e seguirão em direção ao templo do bairro da Saúde.
Vários líderes ministeriais do Brasil também participarão dessas ações e pastores conhecidos em todo o mundo também estão envolvidos no Dia da Evangelização Global, como Dr. Yonggi Cho, Cunningham Loren (JOCUM), Reinhard Bonnke (CfaN), Anderson Marcos (Call2All), bem como organizações como Real Rangers, Alpha, e outras instituições.
Assista ao vídeo e participe desse dia tão importante:
No Brasil diversos ministérios aceitaram o desafio que também pode ser assumido individualmente ou em grupos
por Leiliane Roberta Lopes






Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br